O Empreendedor Brasileiro X O Empreendedor Americano

Eu gosto muito de filosofar sobre este tópico.

É muito interessante como as visões entre as culturas Brasileira e Americana se diferirem sobre uma mesma coisa.

ok2Na visão Tupi Guarani, toda aquela pessoa que abre um negócio próprio é dito como empreendedor. Seja qual for o negócio, seja qual forem seu diferenciais.

Ja na visão Yankee, o empreendedor esta diretamente relacionado a inovação. E para inovar, não necessariamente se deve abrir um negócio próprio. É possível empreender dentro de uma empresa que se trabalha, dentro de uma instituição ou até mesmo em um clube de ação social.

A visão americana, de certa forma, incentiva para que sempre que alguém resolva “ser empreendedor e abrir um próprio negócio”, como diríamos nós brasileiros, este busque inovar.

ok4A inovação não é apenas idealizar um super produto que irá revolucionar o mundo. Inovar tem haver com fazer algo de uma forma diferente, e isto pode sim estar relacionado a um produto inovador, mas pode também ser uma embalagem, um serviço de entrega, um procedimento de gestão, em fim, é criar e fazer algo de um jeito novo.

Quase todo mundo que converso quando volta de uma viagem aos EUA comenta que se impressiona com o profissionalismo de todo mundo, desde um emprego ou empresa muito simples e pequena até uma grande corporação.  E este é exatamente o resultado de ser pensar sempre em empreender (leia inovar):  Uma busca constante de melhoria e aprimoramento nas atividades do dia a dia.ok3

Sendo assim, quando for pensar em empreender, empreenda com a visão de nossos amigos Yankees, faça de sua empresa um negócio diferente do que já tem por ai.

Abraços

Siddhartha Costa